Use e abuse de objetos familiares aos pacientes

Não é nenhuma novidade na arquitetura corporativa que pessoas que trabalham em um ambiente bem projetado são mais produtivas e engajadas com a empresa. Neste texto, vamos falar como montar um projeto de arquitetura corporativa de sucesso.

A razão para isso pé bastante simples: Em um espaço projetado levando em consideração alguns fatores como iluminação, melhor aproveitamento do espaço, ergonomia e uso correto das cores proporciona maior bem estar e conforto não só para os colaboradores como também para os clientes.

Não é à toa que cada vez mais empresas investem em projetos de arquitetura corporativa.

Quer saber como criar um projeto de arquitetura corporativa incrível? Veja as dicas que preparamos:

1. Compreenda o conceito de arquitetura corporativa

A arquitetura corporativa tem por objetivo transformar um ambiente de trabalho em funcional, confortável e esteticamente agradável.

A arquitetura corporativa tem por objetivo transformar um ambiente de trabalho em funcional, confortável e esteticamente agradável.

Antes de qualquer coisa é preciso que você entrada o que é a arquitetura corporativa.

Esse ramo da arquitetura busca a analisar, desenvolver e executar da melhor forma os espaços corporativos.

Os projetos de arquitetura corporativa visam em todos os detalhes tornar o ambiente mais funcional. Assim, investe-se no uso de móveis ergonômicos, decoração que incentiva a criatividade e, é claro, o conforto é levado em consideração.

Como principal vantagem da arquitetura corporativa está o bem-estar dos colaboradores e na possibilidade de se construir uma atmosfera agradável e produtiva para se trabalhar. Isso faz com que os colaboradores apresentem maior rendimento e engajamento no trabalho.

Por isso, cada dia mais a arquitetura corporativa é considerada como uma estratégia no planejamento de empresas antenadas com as novas tendências do mercado.

2. Tenha um bom planejamento para seu projeto de arquitetura corporativa

O planejamento inclui conhecer as necessidades da empresa e colaboradores e,a partir daí, fazer um projeto de arquitetura corporativa eficiente.

O planejamento inclui conhecer as necessidades da empresa e colaboradores e,a partir daí, fazer um projeto de arquitetura corporativa eficiente.

Para ter um projeto bem sucedido a etapa de planejamento é essencial. Neste momento é preciso conhecer a fundo o cliente e as necessidades dos colaboradores que farão uso do espaço.

Vale a pena conversar com os colaboradores para avaliar os seus perfis, idade, preferências e, dessa forma, criar um espaço totalmente personalizado.

É necessário também compreender os valores, perfil e segmento da empresa. Isso porque, a arquitetura corporativa também é uma forma de reforçar a identidade empresarial.

3. Priorize o conforto

Ter um espaço descontraído de convivência e relaxamento para os colaboradores demonstra a preocupação com o bem-estar das equipes de trabalho.

Ter um espaço descontraído de convivência e relaxamento para os colaboradores demonstra a preocupação com o bem-estar das equipes de trabalho.

Atualmente, é muito comum que os trabalhadores passem boa parte do seu tempo na empresa.

Por isso, eles merecem uma área acolhedora e pensada conformo suas necessidades.

Não é preciso muito para promover uma área de descanso para seus funcionários. Móveis como poltronas, sofás e puffs são uma ótima opção.

Para que o conforto seja otimizado, dê preferência aos móveis ergonômicos, que possuem assentos e encostos mais confortáveis e reguláveis. Apesar de custar um pouco mais, vale a pena o investimento.

Outro fator que contribui de forma definitiva para o conforto é a climatização que deve ser feita de acordo com as características meteorológicas do lugar. A temperatura deve ser equilibrada entre o frio e o calor para que o desempenho das equipes não seja comprometido.

4. Pense na escolha de cores

As cores são responsáveis pela energia do ambiente. A escolha deve ser feito levando em consideração a cultura organizacional da empresa.

As cores são responsáveis pela energia do ambiente. A escolha deve ser feito levando em consideração a cultura organizacional da empresa.

As cores são responsáveis por despertar sensações, alterar o humor e despertar a criatividade. Assim, as cores escolhidas devem ser um dos principais pontos de um projeto de decoração de arquitetura corporativa.

Os tons neutros são indicados para escritórios, já que são sofisticados, versáteis e combinam com qualquer estilo. Tons mais vibrantes como o amarelo, vermelho e laranja podem ser usados em menor quantidade para contrastar com as cores mais suaves.

Uma boa dica também é levar as cores para os elementos decorativos.

Tudo isso deve ser feito levando em consideração a identidade da empresa e as cores usadas em sua logomarca.

5. Pense em um ambiente bem iluminado

A iluminação valoriza o projeto de arquitetura corporativa e também é essencial para a produtividade e conforto em ambientes de trabalho.

A iluminação valoriza o projeto de arquitetura corporativa e também é essencial para a produtividade e conforto em ambientes de trabalho.

A iluminação possui um papel fundamentar no bom desempenho em um ambiente corporativo.

Por isso, é preciso conhecer bastante o espaço disponível e instalar luzes em pontos estratégicos. Dessa forma, nenhum espaço ficará mal iluminado.

A iluminação direta deve ser evitada. Isso porque, ela causa brilho e reflexos em monitores de computador.

Sempre que possível use a luz natural, que além de propiciar uma economia de energia também contribui para um ambiente mais agradável. Assim, o uso de vidros, janelas grandes e persianas adequadas devem ser sempre consideráveis.

Vale ressaltar que a cor das paredes, móveis e objetos decorativos também possuem influência na claridade do espaço.

6. Integração de espaços

A integração de espaços moderniza os ambientes de trabalho, facilitando o envolvimento e comunicação entre os colaboradores e equipes de trabalho.

A integração de espaços moderniza os ambientes de trabalho, facilitando o envolvimento e comunicação entre os colaboradores e equipes de trabalho.

A depender do segmento da empresa para qual você vai fazer o projeto de arquitetura corporativa planejar a integração dos espaços pode ser uma opção bastante interessante.

A integração favorece as dinâmicas e rotinas de trabalho, além de facilitar a comunicação entre as equipes.

Esta também é uma forma de favorecer a transparência, pois vai de contra ao velho modelo corporativo de salas e hierarquias.

Em casos que forem feitas a integração do espaço, é possível usar divisórias, paredes de vidro, mobiliário versátil, lousas e quadros de aviso e tudo mais que for atender as demandas dos colaboradores.

Agora que você já sabe o que um projeto de arquitetura corporativa precisa para ser bem sucedido,  acesse o site da T2 Arquitetura e Engenharia Corporativa e confira os serviços já feito pela a empresa. Também é possível solicitar um orçamento para a reforma e construção de seu ambiente corporativo!