Existe a diferença entre o vintage e o retrô

Um trabalhador passa em média 45 horas semanais em seu trabalho. Por isso, é essencial oferecer um ambiente inspirador, agradável e, principalmente, seguro. Neste texto, vamos dar motivos de por que investir em um projeto de arquitetura corporativa.

Para ter uma boa produtividade no ambiente de trabalho, o colaborador precisa se sentir confortável.

Por isso, cada vez mais a arquitetura corporativa surge para suprir essa necessidade a partir da ergonomia e também trabalhar a comunicação e marketing das empresas.

Os projetos de arquitetura corporativa dizem muito a respeito de seu negócio, pois são construídos com base na visão e valores institucionais.

Sabendo disso, ao implementar um projeto de arquitetura corporativa a empresa mostra que pensa na comodidade, conforto e segurança dos seus colaboradores, sendo uma empresa que se importa com seu capital social e não  que visa somente o lucro.

A identidade da empresa a partir da arquitetura corporativa

Um projeto de arquitetura corporativa eficaz, como falamos anteriormente, precisa ser a “cara” da empresa.

Isto é, o projeto precisa expressar a essência do negócio e o que ele pretende alcançar. Assim, espera-se que esteja baseado na cultura organizacional, que é o conjunto de valores, rituais e normas adotados por uma organização. Este deve ser um dos principais motivos a se levar em consideração na hora de investir em um projeto de arquitetura corporativa.

O ambiente precisa ser além de confortável, também convidativo e atraente. Neste sentido, a iluminação é um ponto essencial e também as cores usadas nas paredes e decoração.

É de extrema importância que as cores da empresa estejam presentes, pois é uma forma de transmitir o espírito do negócio e também reforce a cultura organizacional.

A identidade corporativa deve estrá inclusa no projeto. É preciso que se visualize nas instalações as missões e valores que a empresa quer passar.

A identidade corporativa deve estrá inclusa no projeto. É preciso que se visualize nas instalações as missões e valores que a empresa quer passar.

Pensar na inclusão das cores e também dos símbolos da empresa no projeto de arquitetura organizacional ajudar a passar uma imagem sólida e confiável da instituição.

Além de ser confortável e esteticamente agradável, é preciso também que o espaço seja funcional e adequado para os diversos tipos de trabalhos que são feitos na empresa.

5 dicas do que levar em conta na hora de investir em um projeto de arquitetura corporativa

Agora que você já sabe da importância de investir em um projeto de arquitetura corporativa, listamos algumas dicas de como ter um ambiente de trabalho que alie estética e funcionalidade para influenciar na satisfação dos profissionais. Confira:

1. Comece com uma recepção criativa

A recepção é o "cartão de visita" de uma empresa. Por isso, deve ser pensada com atenção em um projeto de arquitetura corporativa.

A recepção é o “cartão de visita” de uma empresa. Por isso, deve ser pensada com atenção em um projeto de arquitetura corporativa.

Se engana quem pensa que as soluções criativas devem somente ser aplicadas nas áreas operacionais, salas de reuniões e escritórios.

A recepção e a parte externa também são áreas importantes, pois será a primeira impressão que tanto os colaboradores quanto cliente vão ter da empresa.

Assim, vale a pena pensar nas cores, mobiliários e demais elementos que vão compor o local. Tudo deve estar em harmonia com os outros espaços que farão parte do projeto.

2. Personalize os ambientes de trabalho

Os ambientes de trabalho devem ser pensados para motivar e estimular a criatividade e engajamento dos colaboradores.

Os ambientes de trabalho devem ser pensados para motivar e estimular a criatividade e engajamento dos colaboradores.

É essencial que o ambiente de trabalho estimule a criatividade e provoque sentimentos positivos na equipe.

Assim, é importante que se analise o perfil dos colaboradores e suas necessidades. Dessa forma, é possível fazer um espaço personalizado, no qual os colaboradores se identifiquem e se sintam bem.

O ambiente de trabalho precisa funcionar tanto de maneira individual quanto coletiva. É essencial que os colaboradores consigam enxergar que tudo foi feito pensado neles.

3. A integração do espaço

A integração dos espaços está presente em grande parte dos projetos de arquitetura corporativa por conta dos inúmeros benefícios desse tipo de organização de trabalho.

A integração dos espaços está presente em grande parte dos projetos de arquitetura corporativa por conta dos inúmeros benefícios desse tipo de organização de trabalho.

Ainda que o projeto de arquitetura corporativa seja feito de modo a respeitar o espaço de cada um, a integração dos espaços tem se mostrado bastante eficiente no que diz respeito ao aumento da produtividade das equipes.

Em um espaço integrado, o uso de divisórias e paredes de vidro fazem com que o local fique moderno, funcional e com as atividades transparentes.

4. Invista em um mobiliário versátil

Um mobiliário que preze a ergonomia é essencial para a saúde do trabalhador e também para a produtividade em ambientes de trabalho.

Um mobiliário que preze a ergonomia é essencial para a saúde do trabalhador e também para a produtividade em ambientes de trabalho.

O mobiliário é uma parte muito importante de um projeto de arquitetura corporativa.

O ideal é que os móveis atendam as necessidades dos colabores e também sejam ergonômicos, o que faz com que além de maior conforto e bem-estar também se previna lesões em longo prazo.

A distribuição do mobiliário deve ser feita de forma funcional e que facilite as operações, fluxo de pessoas e interações entre os colaboradores e equipes.

5. Dê a seus colaboradores espaços de conveniência

Um espaço de conveniência para o relaxamento nos intervalos de trabalho favorece a integração e o bem-estar dos colaboradores.

Um espaço de conveniência para o relaxamento nos intervalos de trabalho favorece a integração e o bem-estar dos colaboradores.

Criar um espaço de conveniência ajuda para o descanso e lazer dos funcionários nos momentos de intervalo. Este espaço pode ter TV, livros, jogos, games, sofás, almofadas e etc.

A decoração deve ser agradável e personalizada. Um ambiente com clima leve pode ser capaz de renovar o colaborador quando o mesmo estiver cansado ou tenso e também favorece a interação entre os colaboradores em momentos descontraídos.

Quer investir em um projeto de arquitetura corporativa? A T2 arquitetura e Engenharia Corporativa te ajuda a encontrar melhores soluções. Solicite um orçamento!