Ideias ousadas e diferentes sempre atraem a atenção, seja de clientes, visitante e colaboradores. E quando se está projetando a montagem, reforma, mudanças de um escritório,  os espaços criativos e divertidos, que se distanciam nos clássicos e tradicionais, tendem a aumentar as visão de mundo, os horizontes e até permitir inspirações nunca antes criadas ou imaginadas.

Mesmo que as referências de outras empresas e escritórios o ajude na realização do planejamento e um mundo inteiro de opções, é fundamental ter uma atenção voltada para não se deixar levar apenas por configurações, que, na realidade, não condizem com o ambiente.

Leia também: 05 projetos de arquitetura corporativa para te inspirar

Diversas vezes o empresário insiste na preferência de andar em um padrão por apenas gostos pessoais, prejudicando e comprometendo o futuro com a ausência de funcionalidade, efetividade e autenticidade nas soluções adicionadas.

É necessário ter um time alinhado

É necessário ter um time alinhado

Elaborar e desenvolver uma identidade única e especialmente criada para a sua organização é essencial para a construção e crescimento da marca, além das possíveis concorrências da empresa. De acordo com valores organizacionais próprios, a cultura empresarial, a missão que a empresa tem os clientes e no mundo, a visão do futuro em relação mercado de trabalho, personalidade marcaria, ou seja, o local de serviço precisa (e deve) transmitir particularidades próprias e únicas que seja possível identificar sua marca de forma forte e singular.

Sem mencionar que, existem muitas questões objetivas, como a quantidade total de colaboradores, o tamanho do terreno, se a construção irá começar do zero ou não e até mesmo o investimento financeiro que exigirá flexibilidade de configurações sob medida.

Por essa razão, é necessário e fundamental ter a consciência de que planejar e concretizar um projeto de escritório é sempre uma construção meticulosa e não apenas uma cópia barata de outros escritórios que já existem.

Como iniciar o planejamento de acordo com a arquitetura empresarial

Separamos alguns pontos que deverão ser levados em consideração, veja:

1 –  Selecione os fatores de acordo as prioridades da empresa

O seu negócio, sua equipe de trabalho e claro, você devem ver várias necessidade e características diferentes em diversos fatores. No entanto, suprir a todas elas de apenas uma vez pode acabar ficando inviável e insustentável do ponto de vista financeiro. Dessa forma, é necessário elencar quais as complicações precisam ser solucionadas e resolvidas em primeiro lugar, ligando com prioridades em que o projeto inicial precisa estar a atenção voltada.

Tenha uma conversa com o pessoal e levante os problemas

Tenha uma conversa com o pessoal e levante os problemas

A dica é, tente estabelecer quais problemas precisam de mais urgência, que estão comprometendo as relações interpessoais, os resultados e rendimento no trabalho, sem esquecer o comprometimento humano dos colaboradores. Dessa forma, você vai priorizar a empresa em primeiro lugar, isto é, o fator humano é o que faz a organização funcionar e dando prioridade para ele, você está enfatizando o próprio negócio, sem possíveis implicações na lucratividade e efetividade das atividades.

2 – Leve sempre em consideração os variados organismos

Um bom ambiente de trabalho é aquele que não é bom apenas para os clientes o proprietário do lugar,  mas todos os ocupantes precisam estar satisfeitos de acordo com as necessidade de cada organismo. Geralmente, é preciso aceitar que não vai ser possível suprir completamente todas as particularidades de um modo geral.

Porém, é fundamental fornecer o ambiente levando em conta as necessidade básicas e as diferenças de cada um. A arquitetura corporativa precisa considerar algumas aplicações versáteis, com o intuito de permitir a utilização customizáveis, de acordo com o que é possível.

3 – Faça a mensuração do ambiente

Para acolher e confortar os colaboradores, determinar as dimensões e altura dos móveis, é ideal- além da escolha pelo tipo de layout dos ambientes- que se obtenha os dados exatos do metro quadrado disponível. Sem a coleta dessas informações em mãos, qualquer planejamento pode afundar e não ter nenhum tipo de resultado satisfatório.

Informações básicas de acessibilidades para pessoas com deficiência, placas indicativas que mostram os locais devem constar no seu planejamento, além de facilitar o acesso a salas e impedir a invasão em ambiente proibidos para clientes, podendo afetar, de alguma forma, o próprio cliente ou as atividades desenvolvida no local de trabalho.

Todas essas questões são pequenos detalhes, mas que fazem uma grande diferença no dia a dia de serviço.

4 – Pesquise e busque por um mobiliário especializado no assunto

Assim como os colaboradores e os clientes, o mobiliário também é uma peça chave no ambiente empresarial. Além de contar com uma ideia estética surpreendente e inovadora, ele precisa ser confortável, funcional, eficaz e versátil, assegurando assim, as condições ergonômicas apropriadas para todos os participantes e ocupantes desse espaço. Existem, hoje, muitos fornecedores especializados na resolução e criações de soluções para escritórios, no qual necessitam ser enfatizadas e priorizadas.

Por isso motivo, pesquise, estude a fundo, faça a comparação de preços encontrados e negocie, apresente possibilidades e ofertas, só não seja negligente com o seu mobiliário, dado que, em um contexto contrário, sua produtividade, rendimento e saúde tanto física quanto mental poderão acabar sofrendo graves consequências.

É importante também controlar e estabelecer horários diferentes para a ação dos fornecedores. Desse jeito, é mais fácil e prático fiscalizar a atuação tanto dos próprios, quanto dos colaboradores, que não podem, de jeito nenhum, serem completamente interrompidos a ocupação de forma geral do seu local de trabalho.

5 – Cuidado com os gostos pessoais

Não deixe os seus gostos pessoais falarem mais alto e passarem na frente do pensamento racional que, na maioria das vezes, o que traz mais resultados satisfatórios. Esse é um fator que precisa (e deve) ser sempre mencionado e ressaltado, tendo em mente a grande frequência com que ela influencia na realização de projetos com este.

Tenha cuidado para os gastos não saírem do controle

Tenha cuidado para os gastos não saírem do controle

É claro que os desejos pessoais vão aparecer, mas quando mal intencionado ou justificados, não podem ser usados como referência ou preferência durante a execução do planejamento.  É primordial trabalhar com o uso de estratégias e procurar por configurações que certifiquem em atender a organização como um todo.

Essas são apenas algumas dicas que devem serem levadas em conta no momento do planejamento e montagem de um ambiente empresarial. No entanto, existem muitas outras variáveis complexas que precisam ser englobadas e que, somente, podem ser avaliadas diante de um conhecimento técnico e especializado no assunto.

A melhor alternativa é buscar um escritório que tenha experiência na área e vai saber ouvir você, seus desejos e necessidades, como a T2 Arquitetura!